Total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

* Vídeo Game *


Vamos jogar?
Ideia com ideia
Retalho
Incrementar
Colar pra ver se fica

Olha as formas a criar forma
Olha as peças desta engrenagem
Olha a luz num fio de tungstênio
Olha um monumento a arrotar toxinas
Olha as grades e as parede lisas
A eletricidade a correr nos fios de postes e cercas que gritam o pavor
Olha a roda, roda mundo, roda gigante, roda moinho , roda pião, roda pneu de borracha aos poucos na Agamenon
Morreu um atropelado
Olha a lona, cobre!
IOOOM IOOOM IOOOOOM
Os urubus vivos
O sucesso da série the walking dead

Vamos jogar?
Ideia com ideia
Retalho
Incrementar
Colar pra ver se fica
Mas…
Cuidado pra não confundir
Ideia é ideia, poema é poema
E
Ponto final

03/03/2016

quinta-feira, 27 de abril de 2017

* Sinfonia das estrelas *

Palpita poesia
na dança das estrelas
Subliminar sinfonia
do coração universal
Há raios que se fazem lúmen
Há lótus a desabrocharem
Há a coreografia dos pássaros regida por seus cantos
Há carros com suas buzinas a rimarem umas com as outras
E mesmo em meio a fumaça fétida há de existir resquícios de poesia
Há a sutileza matematizável da consciência
a permear tudo isto e nós sentindo-nos
fracões de um
Gaia estende seu seio aos filhos sedentos de vida
E Apolo imponentemente, a guiar-lhes simultaneamente
A
S.O.S
ou
acompanhados
imersos profundamente
em meio a tamanha vastidão
um pedido de socorro, uma dúvida:
"is there life on Mars?"
Silêncio
um pouco de
Silêncio
Clamará nosso fragmento de coração
passo que captará a frequência
ancestral por vezes quando
sonharmos...
15/02/2016

terça-feira, 25 de abril de 2017

* Felino *


Sussurro ruidoso a erguer-se
Penumbra adiante ronrona
Sua boca antecede e saliva
Afiados os dentes
Um salto!
Na calada da noite tateia
O gosto ... cangote
A presa.

30/09/2016

* Nadar *


Quando por vezes
Teus sentidos pulsarem
Seguindo os sentimentos
Análogos a miragens
Ouro e pó
Pranto e gargalhada
Soarão como um só
Verás vozes
Vultos
Ecos
Mergulho amniótico
Articulação de membros
Mil metros de fôlego a mais
Arte em nadar

15/09/2016

* O pião *


Rodopia o pião
Movimento circunscreve
Permanece instante breve
Segundos do agora então
Roda roda o pião
Desconhece-se quem o joga
Serpenteia extensa corda
Aterrisa rente ao chão
Rodopia o pião
Lá ao longe toca o sino
Desatina os nós do destino
Transfigura-se em brasão
Roda roda o pião
Do princípio e ao reverso
Segue a linha, o trajeto
Contradiz-se sem razão

15/09/2016

* Inominável *


Grão de areia submerso em mar de sal
Poderia ser ...
Aquele mar em rebento nos corais de arrecifes, centenas de gotas a suspenderem-se
partícula
Poderia ser ...
Uma nota falha regida em meio a nona sinfônia,seu derradeiro instante de fúria
Poderia ser ...
A náusea d’um bocejo suicida, tão particular, no meio de tantos
Poderia ser ...
Uma flor em meio a fedentina metropolitana, rompendo a concretude
Do asfalto
Poderia ser ...
O espectro d’um fenômeno , solar a atravessar um prisma de cristal
Poderia ser …
Um insight a pulverizar
Lâmpada em vidraça
Num instante de delírio
Tradução
Poderia ser...
Guerra e paz
Fartura e miséria
Assassino e peregrino
Vênus e marte
Partida e chegada
O prelúdio do fim anunciando um regresso
E a palavra cravada no peito perene da alma
Lágrima que cai
Estrela

14/09/2016

* Despedidas *


Segue teu caminho
Apaga tuas pegadas
Respira…
Só não te esqueces do gosto
Das lágrimas...

03/09/2016